Roberto Colistete Jr.

Blog sobre computação científica e móvel : Mathematica, Python, CUDA, smartphone & tablets, Linux, etc

Ubuntu 12.04 (Precise Pangolin) LTS : versão estável lançada !

Posted by robertocolistete em 01/05/2012

O tão esperado Ubuntu 12.04 (Precise Pangolin) LTS (Long Term Support) foi lançado há poucos dias, em 26/04. A grande vantagem dessa versão é a estabilidade, suporte por 5 anos (durante os quais haverá garantia de atualizações e sem obrigação de mudar para nova versão), pequenas melhorias na interface Unity e obviamente novas versões de vários softwares.

Como  eu já relatei em artigo anterior (Ubuntu 12.04 (Precise Pangolin) LTS beta 2 = Python mais fácil), só o fato de vários softwares Python científicos terem versões bem mais novas já é ótimo motivo para usar o Ubuntu 12.04 ou variantes.

Uma grande polêmica entre usuários Ubuntu é a questão dos ambientes gráficos, com migração do Gnome 2.x do Ubuntu 10.04 LTS (último LTS antes do 12.04) para Unity (que não tem menu de aplicativos visível). Parte desse problema de descontinuidade pode ser resolvido escolhendo quais variantes de Ubuntu se quer em termos de ambiente gráfico, por exemplo :

  • Ubuntu, usa Unity (3D ou 2D), tem 5 anos de suporte. Inclui Firefox, Thunderbird, LibreOffice, etc;
  • KUbuntu, com KDE Plasma e também com 5 anos de suporte. Além do LibreOffice tem o novo Calligra Suite no lugar do KOffice, Firefox, Kontact (para email, etc), etc;
  • XUbuntu, que usa Xfce bem leve e tem semelhanças com o Gnome 2.x. Tem 3 anos de suporte. Inclui Synaptic, Firefox, Thunderbird, Adobe Flash, GIMP, Abiword, Gnumeric, etc, mas se pode instalar o LibreOffice.

Minha escolha foi instalar inicialmente o XUbuntu 12.04 a partir de CD (na verdade imagem em pendrive) e depois adicionar softwares (LibreOffice, etc), pois a lista de softwares default do XUbuntu 12.04 e o Xfce me pareceram mais interessantes.

Porém nada impede que se adicione Unity, Gnome, KDE Plasma, etc, ao XUbuntu (por exemplo), aparecendo como opção na tela de login qual ambiente gráfico usar. Por exemplo para adicionar :

  • Ubuntu e Ubuntu 2D e softwares extras, instale os pacotes ubuntu-desktop e ubuntu-restricted-extras;
  • Gnome Classic (imitando Gnome 2.x), instale gnome-panel após ter instalado Ubuntu;
  • KDE Plasma com vários softwares extras, instale kubuntu-desktop kubuntu-restricted-extras;
  • Gnome 3.x, instale gnome-tweak-tool.

Logo se pode ter várias opções de ambiente gráfico e softwares default, dando grande liberdade para nós usuários.

Atualmente eu estou usando e experimentando Xubuntu (Xfce), Gnome Classic (à la Gnome 2.x) ou Ubuntu (Unity) em diferentes computadores.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: