Roberto Colistete Jr.

Blog sobre computação científica e móvel : Mathematica, Python, CUDA, smartphone & tablets, Linux, etc

Psion é comprada pela Motorola : ironia do destino

Posted by robertocolistete em 19/06/2012

Há poucos dias (15/06) a Motorola comprou a firma inglesa Psion. Hoje ela tem como produtos computadores de bolso para indústrias. Mas desde 1984 ela entrou para a história da computação móvel com seu Psion Organiser, o 1o computador de bolso prático de ser usado.

A empresa inglesa Psion desenvolveu o sistema operacional móvel EPOC 32 para seus computadores de bolso Psion 5, 5MX, Revo, Revo+, etc. Isso há uns 15 anos. Eu usei bastante meu Psion Revo+ (até hoje funciona, porém está parado), criando o jogo Smuggers quase todo digitado nele, feito na linguagem OPL. O EPOC 32 depois deu origem ao Symbian para smartphones.

A ironia é que em 2001 a Motorola “sabotou” o futuro da Psion no mundo de computação móvel. Antes, no início de 2000, a Psion fechou acordo com a Motorola para desenvolver smartphones (projeto Odin) a serem lançados em 2001. Tal smartphone chegaria antes do primeiro smartphone Symbian Series 60 (o Nokia 7650), lançado em 2002. Mas a Motorola encerrou o projeto, pagando multa recisória, e deixou a Psion sem o futuro que muitos desejavam : um sucessor para EPOC 32 feito pela Psion, funcionando também como celular e as tecnologias da época.

Eu sou fã do EPOC 32 da Psion. Sistema operacional incrível, com micro kernel, multitarefa fantástica, estabilidade impossível de ver hoje (meu Psion Revo+ ficou 2 anos sem precisar reinicializar, isso com eu compilando e testando programas em OPL), copiar&colar de objetos (uma planilha na agenda, etc, que não se vê em softwares de desktops atuais), linguagem OPL pré-instalada com editor de fácil uso (ótima para programar em qualquer lugar, literalmente eu programava em fila de supermercado), etc.

Quem usou para valer EPOC 32 claramente nota as fraquezas dos sistemas operacionais móveis atuais : Android, iOS, Windows Phone, etc. Hoje o “relógio” no Android usa aprox. 15 MB de RAM, e o Psion Revo+ tinha 16MB de RAM para tudo (rodar o EPOC 32 e armazenar arquivos), onde eu tinha mais de 100 programas instalados, que rodavam muito bem.

Quem usou os teclados do Psion 5MX e mesmo do Psion Revo/Revo+ sabe o quanto os teclados dos smartphones atuais são muito piores.

A história da Psion, do EPOC 32 OS, etc até os dias de hoje nos mostra que a seta do tempo nem sempre leva a evolução…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: